WTF is… Perdidos no Espaço? (2018-)

perdidos no espaço

Admito, Perdidos no Espaço não estava na minha lista de séries para assistir. Os muitos cartazes pelo Rio de Janeiro me fizeram saber que ela existia, mas só quando uma amiga falou que queria muito que eu assistisse foi que deu uma chance. E acho que acabei a série em uns três dias.

Perdidos no Espaço conta a trajetória da família Robinson. Estamos no futuro, espaço-naves existem e as pessoas estão migrando para um novo planeta em Alpha Centauri. O foco da série, no entanto, é que a família sofre um acidente e vai parar em um planeta desconhecido.

O primeiro episódio já um filme de ação a la Star Wars daqueles, e os Robinsons precisam enfrentar problemas que beiram o extremo. O passo da série é lento ao mesmo tempo que exige totalmente nossa atenção. Sabemos que eles vão sobreviver, certo? Mas será? Como eles vão sair dessa agora?

John é o pai da família e, depois de passar tanto tempo em missões militares fora do país, é díficil se reconectar com os filhos e a mulher, Maureen. Ela é uma engenheira badass que basicamente construiu toda a tecnologia que vemos.

perdidos no espaço
Maureen e John

As crianças Will, Judy e Penny são uns gêniozinhos que sabem muito, cada uma na sua especialidade. Enquanto Judy, com apenas 18 anos, pratica medicina como uma veterana; Will sabe de propriedades químicas e computação. Acredite, essa criança de 13 anos é quem cria os melhores planos sempre.

Penny é nosso alívio cômico, com sua ironia maravilhosa e seu gênio destemido quando o assunto é sua família. Ela é, também, a pessoa que foge das ordens e sempre tenta fazer as coisas do seu jeito.

O fato é que, cada um, nos ganha quase instantaneamente. Não pensem que eles não tem seus problemas internos. Além de enfrentarem o desconhecido no novo planeta, eles precisam lidar com desavenças, sofrimentos e rancores como qualquer família.

Aliás, acredito que é exatamente esse retrato tão real da família que nos faça investirmos tanto nessa série. Estão ali pessoas que mesmo com problemas querem continuar juntos e consertá-los.

Outro fator importante é que somos apresentados a um robô como adendo dessa família. Ele se torna rapidamente amigo de Will e também vai ganhando nossos corações sem nem dizer uma só palavra. (Ok, talvez umas três.)

perdidos no espaço
Robô, Penny, Will e Judy

Para quem não sabe, Perdidos no Espaço é a releitura de uma série de 1968. Não só isso como já foi adaptado para o cinema em 1998 e, acreditem se quiserem, o elenco tem um dramático Matt LeBlanc (nosso Joey Tribbiani).

Não vi o original, mas tenho certeza que os criadores devem ter se espantado com tantos cenários incríveis e efeitos especiais impressionantes na adaptação de 2018. Não vou nem falar o quanto o robô mudou, rs.

Outra mudança que a série faz é brincar um pouco com um dos antagonistas, Dr Smith, agora uma mulher nessa versão. Ela é a pessoa mais manipuladora que existe e, com certeza, vai fazer você querer arrancar seus cabelos.

Aos poucos, assim, somos apresentados a outros personagens. Don, por exemplo, é um dos personagens mais divertidos. Ele mostra um pouco como é uma pessoa que vive na Terra e trabalha no transporte dessas pessoas para Alpha Centauri, sem nunca poder se mudar. Quero que ele seja adotado pelos Robinsons para ontem!

Para quem vai assistir a série, fica a dica: o season finale é bem impactante, mas podemos respirar mais tranquilos porque a segunda temporada já foi confirmada!

Vou deixar aqui o trailer para ficarem ainda mais convencidos. Agora faz pipoca, liga seu Netflix e é só aproveitar essa maravilha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *