Review: Once Upon a Time 7×22 – “Leaving Storybrooke” [Series Finale]

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers de “Leaving Storybrooke”, exibido no dia 18/05/2018.

once upon a time 7x22
Robin e Alice

O final chegou. Once Upon a Time, que nos acompanhou por sete anos, chegou ao fim de sua jornada. Isso não significa, claro, que a série pare de ser importante para nós. Teremos sempre esses personagens incríveis e histórias surpreendentes para nos apoiar.

Ainda assim, não é fácil dizer adeus. Como esperávamos, o episódio veio recheado de nostalgia e finais felizes. Mas vamos começar do começo.

Como sabemos o 7×21 não acabou muito bem. Regina se tornou prisioneira de Wish-Henry, enquanto Hook, Rumple e Henry sumiram para algum lugar. Em paralelo, Alice e Robin vão para Storybrooke pedir ajuda.

As coisas não melhoram de primeira. Alice e Robin tem dificuldades em convencer Grumpy, Archie e Granny que Henry está realmente em perigo. Elas continuam no passado, o que significa que Henry ainda é novo e está viajando com as mães como presente de formatura (escritores espertos justificando a ausência de Emma).

Por isso, para os habitantes de Storybrooke, é surreal demais que tenha alguém do futuro vindo os visitar, o que é compreensível, apesar de ruim para nós. A notícia boa é que Robin acaba esbarrando em Zelena e, percebendo que seu eu mais novo, está perto, ela decide convencer a mãe com conhecimentos da sua infância.

Enquanto isso, Henry e Cia acabam presos no globo de neve junto com Lucy e Ella. Hook e Rumple tentam quebrar o feitiço de qualquer jeito e, quando a arma de Maui aparece do nada, eles conseguem!

O “do nada” não é tão repentino assim, já que são Alice e Robin que mandam o instrumento para lá dentro para ajudar os amigos. Assim, a primeira barreira é vencida. O que precisam agora é encontrar Regina e uma forma de vencerem Wish-Rumple.

Do outro lado do episódio, Regina está sofrendo com a versão do filho. Ele quer se vingar de Regina de qualquer maneira e, agora que descobriu ter o poder de mandar as pessoas para as histórias que Wish-Rumple quer, está mais perigoso ainda.

once upon a time 7x22
Regina e Wish-Henry

No entanto, Regina está presa até que sua batalha final com Wish-Henry, onde ele pretende matá-la. Nesse meio tempo, ganhamos uma cena fofa que corta nossos corações. Em sonho, Robin Hood visita Regina.

Ela se lamenta da vida que não tiveram, mas ele a mostra que o amor que tiveram valeu a pena independente de ter sido em um tempo curto. Os escritores nos deram mais uma despedida entre os dois.

Ao mesmo tempo, ajudaram Regina a perceber que assim como Robin viu seu lado bom, ela também pode fazer isso por essa versão do filho. Ela só precisa descobrir como mostrar para ele que essa vingança não vale a pena.

Enquanto espera pelo confronto, Henry aparece para salvá-la! Não só isso, como Snow e Charming também ajudam os dois na missão. Saiu um lagrimazinha quando essa família se juntou novamente, depois de tantos anos. Deve ser estranho para Snow e Charming verem o neto tão mais velho e maduro, não? O que me consola é que terão tempo para aproveitar o tempo perdido.

Todos unidos novamente, eles se reunem na távola redonda (ou pelo menos parecia) para formular um plano. Eles sabem que Wish-Rumple criou um destino horrível para cada um e, pior de tudo, vai criar um mundo para cada um viver sozinho eternamente.

once upon a time 7x22
Snow traz esperança.

Snow, então, decide fazer um discurso motivacional. Eles não podem perder a esperança, eles não podem deixar de lutar pelo direito de viverem juntos e felizes. O plano então é transmitir essa mensagem para o máximo de pessoas possíveis para lutarem contra Wish-Rumple, enquanto Hook, Henry, Robin, Alice e Rumple vão pesquisar alguma forma de efetivamente vencer o vilão.

Olha, amo todos ali, mas porque ninguém pensou em fazer a Snow e o Charming fazerem o Wish-Henry mudar de ideia? A questão toda era que os avós dele foram mortos, tenho certeza que ele, no mínimo, exitaria se visse os dois vivos. Faria muito mais sentido para ele criar uma conexão emocional.

Achei uma inconsistência bem grande, mas acho que a desculpa é que os atores simplesmente não tinham tantas cenas assim no finale, seja por horário ou qualquer outro motivo. Dessa forma, Regina é quem fica responsável por convencer o Wish-Henry de mudar de ideia.

Eles começam uma luta de espadas e Wish-Henry está pronta para matá-la, até que Regina resolve apelar para seu amor pelo filho. Por mais que não seja essa a versão que sentiu seu amor, ela precisa mostrá-lo de alguma forma que ele é amado, que há esperança. Ele não precisa fazer tudo isso para ter seu final feliz. E não é que dá certo?

Em paralelo, Rumple enfeitiça sua mão para arrancar o coração do Wish-Rumple, mas ele e o grupo são interrompidos pelo feitiço do Wish-Henry os puxando para os portais de suas histórias macabras. Felizmente, quando Regina consegue convencer a versão do filho a fazer a coisa certa, ele para.

A situação, no entanto, continua bem crítica. Não só pela ameaça do Wish-Rumple, mas pelo veneno do coração de Hook, que o faz desmaiar porque estava próximo demais de Alice ao tentar protegê-la do portal.

once upon a time 7x22
Rumple lamenta não estar com Belle.

Rumple vê aí a oportunidade de se redimir. Desde o começo do episódio, o vimos sofrendo com a perda dos poderes da Guardiã. Ele não sabe mais como voltar para Belle e acha que não acontecerá.

De qualquer forma, ele percebe que não devemos fazer coisas boas pensando em receber ao em troca, como sem querer estava fazendo. Essa falta de esperança de voltar para Belle acaba sendo o que faltava para ele fazer exatamente isso.

Sua atitude altruísta em arrancar seu próprio coração para acabar com Wish-Rumple e dá-lo para Hook, para assim curá-lo, é a resposta que faltava. O que foi lindo e a coisa mais legal que Rumple fez em toda a série, mas é meio confuso.

Ao mesmo tempo que tratarão o Wish Realm (Mundo do Desejo de Emma) como um mundo totalmente criado da mente dela e conectado com os nossos personagens no começo. Inclusive, Regina mata os Charming exatamente porque, em teoria, esse mundo não existiria de verdade. No entanto, a série passou a tratar esse mundo como algo totalmente ã parte, que existe faz tempo e com personagens que vão e voltam.

Apesar disso tudo, vamos aplicar a liberdade criativa dos escritores aqui, porque já sabemos que Once não é perfeito quando tenta explicar as coisas.

O que podemos tirar disso tudo é que essa conexão e separação entre os mundos se juntam ali para fazer com que Rumple ganhe seu final feliz. Sim, ele morreu e Regina faz questão falar da saudade que ele vai deixar como mentor dela, mas ele finalmente pode ficar com Belle. E isso é tudo que ele queria.

Já Hook ganha uma nova vida ao lado da filha. Agora ele vai poder acompanhar a vida de Robin e Alice juntas, casando e sendo felizes. Foi muito fofo ver o quanto Robin e Hook criaram uma amizade devido às circunstâncias, e agora os três poderão aproveitar uma vida mais unidos.

once upon a time 7x22
Regina, Snow e Charming <3

Por fim, quem tem um final feliz é Regina. Com Wish-Rumple vencido, eles precisam descobrir uma forma de voltaram para casa e para o presente! Por isso, Regina pretende lançar uma última maldição – dessa vez, uma do bem.

Já que Rumple podia criar vários mundos, por que não juntar esses mundos em um só? Honestamente, não sei como caberia tudo em um lugar só, mas a ideia por trás é a que vale: a união. Nada de histórias quebradas, pessoas separadas. Assim, criam os Reinos Unidos (rs).

Regina teve sua história de amor, mas o que os escritores a dão como final feliz foca em outra parte importante de sua vida. Ela agora tem uma segunda chance de ser rainha, de ser uma rainha boa.

Dessa forma, de uma maneira super adorável, Snow e Charming (com um Neal criança ao lado) a coroam como rainha. Quer coisa mais significativa que essa? Eu não preciso. Foi lindo ver o quanto Snow e Regina enfrentaram para estar ali, para conseguirem ser a família que são.

De quebra, a família ainda tem a adição de mais um Henry, que acabou ficando por ali também. Não vou enganar, foi bem estranho pensar que agora a família tem dois Henrys. Não tenho outra palavra para descrever.

once upon a time 7x22
Emma aparece atrasada com Hook e bebê Hope.

De qualquer forma, o coroação só fica completa mesmo quando Emma aparecendo tropeçando cheia de coisas de bebê com Hook atrás. Os dois atrasados criaram uma ótima quebra na cena ao mesmo tempo que mostrou como a modernidade nos contos de fadas tão característico de Once.

O casal recebe Regina de braços abertos e lhe dá os parabéns. Emma, claro, não chama Regina de rainha, e sim de Madame Prefeita, como sempre chamou durante os anos. Foi uma aparição curta, mas fundamental para vermos a bebê Hope, o casal feliz e um ciclo completo dos personagens. Cada um do seu jeito formando uma grande família e um futuro melhor.

O melhor

– Emma aparecendo toda atrasada e Hook com um protetor no gancho <3

– Regina ganhando sua segunda chance!

– Os planos de um futuro casamento entre Alice e Robin.

– Rumple ganhando seu final feliz ao dar para Nook (Novo+Hook) o dele <3

– Snow e Charming vindo ajudar e coroando Regina.

O pior

– Faria mais sentido que Snow e Charming conversassem com Wish-Henry.

Nota 10

2 respostas para “Review: Once Upon a Time 7×22 – “Leaving Storybrooke” [Series Finale]”

  1. chorei horrores,so oq me decepcionou foi a aparição de 1 min da Emma,nao é possivel q ela so tinha isso de tmepo livre pra serie q ela tanto participou,fara mta falta OUAT…..

    1. Eu também! hahah Sim, eu esperava que ela fizesse mais parte da história… Mas li uma entrevista em que a Jennifer Morrison falou que não tinha muitos horários livres e teve que filmar a parte dela separado da maioria do elenco :((

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *