Review: Agents of SHIELD 5×22 – “The End” [Season Finale]

Atenção: a resenha abaixo contém spoilers de “The End”, exibido no dia 18/05/2018.

agents of shield 5x22

Ah, o final… Como sempre, Agents of Shield sempre nos surpreende e o finale não foi diferente. Dizer que foi emocionante é o mínimo. A ameaça de Talbot chega ao seu ponto crítico e Coulson está mal, por isso todos os personagens estão com as emoções à flor da pele.

Eles brigam e discutem, sem saber o que fazer. Coulson é muito importante para eles obviamente e pode ajudar com Talbot, mas o vilão tem que ser derrotado e eles não parecem ter outra escolha.

Yoyo, claro, é a pessoa mais firme de que tentar salvar Coulson será o fim deles, então, percebendo que estão prestes a escolher essa opção, ela rouba a dose da centepide. Agindo para provar seu ponto, no entanto, May tem uma ideia parecida e destrói a outra parte da dose letal que preparariam.

Todos ficam meio devastados. Por mais que quisessem salvar Coulson, a outra opção parecia mais definitiva, parecia ser a correta – ainda mais por causa do aviso de Yoyo. Daisy e May, no entanto, são as pessoas mais confiantes. Eles acham que Coulson pode sim ser quem os salvará.

Ele, por outro lado, não fica exatamente feliz com a situação. Phil conversa com Yoyo e sabe que preferia não se salvar, se isso significasse salvar o mundo. O que, claro, faz total sentido se tirarmos os sentimentos da equação.

Ainda assim, temos a esperança de que possamos mudar o futuro de outra forma, sem sacrificar Coulson. May acredita nisso. Apesar disso, como Coulson não fez parte dessa decisão tão crucial, ela lhe dá a opção de não tomar a cura.

Eles demoraram tanto para se declarar um para o outro, May sabe que não pode simplesmente cortar essa relação agora. Ela não quer. Ela dá a opção de Coulson tomar a decisão sozinho, afinal é a vida dele, mas deixa bem claro sua opinião.

Pensando que a opção que tinham de derrotá-lo já foi por água a baixo, parece que Coulson deveria simplesmente tomar o antídoto. Já está lá mesmo e não tem muita volta, certo? Bom, errado. Sempre existe uma terceira opção. E acho que foi uma das decisões que mudou tudo.

Depois de Deke se despedir falando que precisa ver um pouco do mundo, antes que desapareça dessa linha temporal ou enfrentar o futuro devastador que conhece tão bem, Daisy precisa liderar. Ela tem ficado com esse trabalho difícil, tentando aprender, mas Deke a faz perceber que ela precisa consertar essa divisão do grupo.

via GIPHY

 

É assim que Daisy percebe que ainda não é seu momento. Ela prefere ser uma soldada de campo. Existe uma pessoa que consegue manter o grupo unido, que é fiel a seus valores morais e passá-los à frente, e que tem mais tempo de Shield. Essa pessoa é o Mack.

Com esse discurso, todos simplesmente sabem que Daisy está certa e votar parece uma mera formalidade. Ainda assim, acho que a votação representa bastante, ainda mais quando Yoyo já afirmou que Daisy não foi escolhida por eles como sucessora de Phil.

Olha, devo dizer que achei maravilhoso que Mack esteja a frente da Shield. Ele tem um coração gigante. Por mais que ame a ideia de Daisy à frente de tudo, como pupila de Coulson, sabemos que ainda não está cem por cento pronta. Quem sabe depois do Mack, hein?

Foi uma solução incrível que eu nem sabia que precisava. Mack, em seu novo posto, decide assim o que vão fazer. A missão é a seguinte: Daisy e Coulson irão tentar derrotar Talbot apelando para a humanidade que deve existir no vilão ainda (é o que esperam), enquanto o resto salva vidas.

Eis que a primeira parte do plano já não sabe como esperavam. Coulson conta para Daisy que não tomou a dose que precisava. Apesar de estar em pé de novo, ele ainda está fraco. Daisy, claro, fica bem mexida com a “traição”, ainda mais quando fizeram aquilo tudo para curá-lo. Ele não quer dizer adeus para ele agora, mas, principalmente, não acha que vai conseguir convencer Talbot a desistir seu plano maluco.

agents of shield 5x22

É assim que vemos a gravação de Daisy nervosa saindo do Quinjet e gritando para dentro (a tal prova do futuro de que ela era a Destruidora de Mundos). Queria saber como esse pessoal do futuro deduziu que foi ela, quando, perto dali, Talbot estava levantando vigas de rocha que nem um maluco. Cadê as gravações disso, hein?

Apesar da incoerência, o que nos preocupa mesmo é como Daisy vai lidar com isso. Ela segue alguns conselhos de Coulson e apela para todas as coisas ligadas ao Talbot. Ela fala sobre o medo que o filho dele sentiu dele, sobre ser um herói, sobre sua vida como militar e como sempre foi um herói (bom, até esse momento, né?).  Ele parece ouví-la, mas a verdade é que já foi enganado tantas vezes que simplesmente não acredita nela.

Em paralelo, May e Mack conseguem encontrar a nave de Talbot e Robin fala que sua mãe está presa. Mack, então, decide ir atrás de Polly para salva-la. É nesse momento que Fitz chega e percebe que esse momento é o momento que Mack morreria na linha temporal do futuro.

Fitz e May, então, deixam Robin e vão atrás de Mack e Polly. E, felizmente, conseguem salvá-los de um ataque dos alienígenas. No entanto, estão saindo todos bem e aliviados, até que os poderes de Talbot desestabilizam tudo e Fitz acaba preso de baixo de várias rochas, mudando a linha temporal.

Em paralelo, Daisy percebe que, ao entregar seu uniforme, Coulson colocou o antídoto ali escondido. Ela, que está quase sendo consumida por Talbot, sem muitas escolhas, decide tomar o remédio. Ela fica muito mais forte e sabe que agora pode derrotar Talbot.

agents of shield 5x22

Robin percebe que tem algo diferente dessa vez. Daisy usa toda sua força para jogar Talbot para o espaço, Fitz dá sua última respiração e, assim, eles mudam o futuro.

Meu deus, eu realmente não esperava isso acontecer com o Fitz. De certa forma, conseguiram redimi-lo um pouco das coisas ruins que fez. E fiquei em conflito, mas ao mesmo tempo não teve como não ficar emotiva, Fitz salvou Mack, contribuindo para um novo futuro. E isso é muita coisa.

Além dessa perda devastadora, para qual não estava preparada, ver a Simmons receber as notícias foi o fim. Ela está feliz que Coulson tenha se salvado, depois do susto que tiveram com sua parada cardíaca, sabe que Daisy salvou o dia, mas não esperava que seu marido não voltasse.

Fico tentando pensar no que a Yoyo do futuro falou e como já passaram por essa história diversas vezes, tentando refazer e sempre acabando no mesmo resultado. Fico imaginando o que cada um escolheu, o que cada um pensou.

Por exemplo, será que Fitz não salvou Mack em algum momento mesmo sabendo? Talvez vários pequenos acontecimentos tem o impedido de agir ou até de perceber? Talvez os grupos tenham se separado de muitas formas, não sei. Pensar nas variações de linhas temporais é com certeza uma coisa confusa, mas, ainda assim, é interessante especular.

O final

agents of shield 5x22

O que parece ser uma homenagem ao Fitz, na verdade é uma despedida ao Coulson. Ele decide que, por ter poucos dias de vida, vai se aposentar. Ele quer viver seus últimos dias de férias com May, aproveitando o que nunca aproveitaram.

Não deixa de ser triste pensarmos em perder o Coulson, mas esse destino não me pareceu tão ruim agora. Pelo menos, ele conseguiu se despedir de cada um, sem termos uma situação catastrófica nas mãos. Ele conseguiu falar o quanto ama cada um das pessoas do time, mas especialmente Daisy. Ele diz como está orgulho da filha (vamos ser honestos, é isso que ela é para ele). Não teve como não se emocionar com tanto amor <3

E ele conseguirá ter uma relação com May, por menor que seja. Isso não significa também que não consigam alguma maneira de estender sua vida. Os escritores falaram que o finale poderia ser o final da série, e consigo ver agora que seria bem satisfatório. Só quero saber como será a próxima temporada, agora que confirmaram a renovação da série. Será que realmente não veremos mais Coulson e May?

Estamos confusos e emotivos, e eis então que a série nos dá outro presente. Uma saída, uma forma de ainda terem Fitz entre eles. Admito, não entendi nada quando falaram, mas, fiquem calmos, vou explicar!

agents of shield 5x22
A nova geração da Shield

Quando todos foram para o futuro, Fitz ficou, certo? Ele ficou congelado por 70 anos e conseguiu se encontrar com o resto. Assim, voltaram para o presente algumas semanas (?) depois de terem ido embora, continuando até os eventos que vimos hoje.

No entanto, a teoria diz que, se ainda não chegamos no futuro, significa que o Fitz que estava com Enoch congelado no espaço ainda está lá esperando ser acordado no futuro. Ou seja, existe um Fitz que continua vivo. Um Fitz que não fez qualquer atrocidades com a Daisy ou com uma moral questionável.

Achei que não seria possível, mas Agents of Shield conseguiu nos dar um Fitz livre de qualquer culpa e estou MUITO FELIZ. Finalmente voltar a não me sentir mal com o personagem e ao shippar Fitzsimmons. A única coisa que quero saber é como vai ser viver com um Fitz que não tem as mesmas memórias que todo mundo. Ele não conheceu o neto ou casou com a Simmons ainda! Muito estranho. Só espero que saibam lidar com os conflitos que ainda devem existir dentro do Fitz e prevenir que ele tenha um colapso como o do 5×14.

E o Deke, aliás? Bom, não sabemos nada dele. Quando Simmons está arrumando uma mala para o Fitz, dá para perceber que só restou um canivete ao invés da duplicata do futuro de Deke, além do quarto estar diferente, mas não sei o que isso significa. Deke pode ter só levado o canivete consigo mesmo. Será que todas suas coisas sumiram junto com ele quando mudaram o futuro? Será que ele foi para outro canto?

O melhor

– Foi emocionante, surpreendente e tudo que eu sempre quis.

– O FINAL, WOW.

– Coulson e May tendo seu pequeno final feliz.

– Mack no comando. Sim, por favor!

O pior

– Temos umas inconsistências aí, mas vou deixar passar.

Nota 10

Uma resposta para “Review: Agents of SHIELD 5×22 – “The End” [Season Finale]”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *